terça-feira, 3 de março de 2009

Gelatinas em pó devem ser evitadas por crianças?

O caderno Saúde da Folha de São Paulo de 03/03/09, divulgou matéria de página inteira com o título "Gelatinas em pó tem muito açúcar e pouco colágeno", alertando para os riscos do uso de gelatina em pó na alimentação infantil.

Pesquisa feita pela Pro Teste - Associação Brasileira de Defesa do Consumidor - analisou 11 pós para preparo de gelatina, sabor morango: 4 na versão tradicional, 4 na versão diet e 3 na versão zero. As conclusões foram que adultos podem consumi-las, desde que com moderação. Crianças devem evitá-las, pois as versões tradicionais do produto continham os seguintes problemas:
  • Excesso de açúcar.
  • Presença de edulcorantes (adoçantes) em duas marcas que já continham açúcar.
  • Uso de um corante artificial relacionado a hiperatividade no público infantil.
Na minha opinião, os trabalhos científicos disponíveis não comprovam definitivamente a relação entre o uso de corantes e a hiperatividade infantil. Em relação ao uso de edulcorantes (adoçantes) a maioria das pesquisas indica que não há riscos para saúde se consumidos em doses ditas normais. Excesso de açúcar é sabidamente condenável.

Parece-me que o problema maior para crianças consumirem gelatinas em pó é o fato de ser um produto industrializado com quase nenhuma proteína (colágeno). Por tradição a população crê que a gelatina é uma boa fonte de proteína.

Não há dúvida que o ideal é substituir gelatinas por frutas ou outros produtos frescos. Como fonte de proteínas definitivamente gelatinas em pó não servem.

Não devemos nos esquecer dos interesses comerciais envolvidos: O açúcar do produtor de cana, os edulcorantes das empresas de produtos dietéticos e a indústria dos pós de gelatina. Ao julgar a matéria em questão, deve-se atentar para esses fatos.

É importante que a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determine que as embalagens de pós de gelatina divulguem com destaque as ínfimas quantidades de proteínas contidas no produto.

Não dá para ficar calado.

2 comentários:

Bernadete disse...

FIQUEI MUITO SURPRESA AO SER ABORDADA POR UMA MÃE COM A REPORTAGEM , UMA VEZ QUE FUI CRIADA COM GELATINA DISSOLVIDA COMO SUCO E AGORA NA MINHA ESCOLA INFANTIL A NUTRICIONISTA INDICA GELATINA TODOS OS DIAS COMO SOBREMESA (E AS CRIANÇAS ADORAM !). AINDA NÃO SEI QUAL PROVIDENCIA TOMAR EM RELAÇÃO A TAL ASSUNTO , SER´POSSÍVEL FAZER UMA GELATINA APARTIR D ESUCO NATURAL E GELATINA EM PÓ PARA DIMINUIR A QUANTIDADE DO AÇÚCAR ? VAMOS AGUARDAR PARA DECIDIR . ABRAÇOS , BERNADETE ROCHA - MG

Anônimo disse...

O corante amarelo é proibido em muitos países desenvolvidos. Os adoçantes artificiais estão sob suspeita. Aliás, para que adoçante artificial em produtos infantis?