terça-feira, 21 de setembro de 2010

Maus tratos contra crianças em escolas de classe média na zona sul do Rio

Nos últimos dias tomei conhecimento de três situações de violência praticadas contra crianças, em escolas tradicionais de classe média no Rio. Um dos casos, de abuso sexual de professor contra alunos, relatei no blog enfocando o sofrimento não só da criança vítima mas de toda a família. Em outro caso, um professor foi acusado de agredir um aluno, uma criança de 10 anos. A diretoria da escola decidiu licenciar o professor de suas atividades letivas. Finalmente a mais absurda das situações se refere a um bebê que por ter o diagnóstico de autismo frequenta a escola com uma acompanhante autorizada, no caso em questão uma estudante de psicologia. Em casa, ao trocar a fralda do bebê a mãe viu na nádega um hematoma e marca de mordedura. Por mais incrível que pareça, quem mordeu o bebê foi a mediadora que o acompanhava à escola.

5 comentários:

Rita disse...

Boa noite, dr. Lauro.
Já faz um tempo que visito seu blog, mas nunca postei sequer um comentário. Dessa vez, porém, não me esquivo de escrever.
O que me causa maior preocupação é saber que maus-tratos e abusos, se ocorrem em escolas de classe média onde os alunos têm pais que podem ser médicos, advogados, etc., pessoas que tem meios de buscar com conhecimento a justiça, fico imaginando o que ocorre em escolas que são feitas de depósitos de crianças, cujos pais são ausentes por N motivos e que sequer tem muito discernimento para procurar por justiça. Quer dizer, claro que crianças de classe média sofrem com pais ausentes, porque falta de amor e afeto nada tem a ver com condição social, mas mesmo assim, isso me amedronta. Tenho um filho de quase 3 anos, sou professora da rede estadual de ensino (médio noturno), com vistas a pegar turmas de ensino fundamental (diurno). Estou com medo, muito medo. Abç.

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Ingles. Melissa
[

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Daienne.

Anônimo disse...

imparato molto

Tiago disse...

Boa noite, dr Lauro li seu artigo e gostari de saber que atitude tomar perante uma professora que não tem dominio sobre seus alunos e nem sequer sabe lidar com criança pois tenho uma filha e ela está na 1 serie matriculada na Escola Morro Doce na zona oeste de São Paulo. Minha filha reclama muito dos colegas de classe e da própria professora, ontem minha filha foi para aula com seus materiais e voltou para casa com os lapís de cor trocados por outors velho mandei um recado hoje 7/08/12 para professora verificar e devolver os lapís que pertence a minha filha, quando minha filha chegou em casa estava com arranhões no braço dizendo que a professora tinha sacudido ela e mais uma vez acontce esse tipo de coisa e quando vou até a escola eles me diz que são os colegas de classe será que o problema é só com a minha filha gostaria de saber se pode me orientar para que eu possa tomar alguma atitude contra a escola ou com a professora.